Ecoturismo

Ecoturismo. Você sabia que o ecoturismo é uma alternativa para o desenvolvimento sustentável?

Antes de mais nada, a NOAH Tour apoia e promove um turismo que beneficie a população local e proteja o meio ambiente! Além disso, investe também em projetos de desenvolvimento sustentável.

Se fizermos o turismo da maneira certa, os destinos não apenas sobreviverão, eles prosperarão.

ecoturismo vilarinho da furna

A Suiça Portuguesa Ecoturismo em Campo do Gerês

Pouco conhecida e pouco explorada, essa região tem maravilhas e mistérios a serem descobertos!

ecoturismo nas Maldivas

Ecoturismo de Luxo Paraíso das Maldivas

Praias perfeitas, milhares de corais, muito luxo e romance!

ecoturismo em campos do jordão

A Suiça Brasileira Ecoturismo em Campos do Jordão

Curiosamente muito parecida com a região do Gerês em Portugal, também chamada a Suiça Portuguesa!

ecoturismo nos Açores

Ecoturismo como Desenvolvimento Açores Portugal

Paisagens impressionantes, hortências azuis, baleias, golfinhos!

Ecoturismo é desenvolvimento sustentável! Projeto “Onças do Iguacu.”

Ecoturismo responsável: “A onça pintada, é o maior felinos das Américas. Inegavelmente ela está sim em risco de extinção.”

Você sabia que o tráfico de animais, a caça predatória e a perda do habitat, são as principais ameaças contra a biodiversidade no Brasil? Aliás, cerca de 40 milhões de animais são retirados da fauna brasileira todos os anos. Além disso, na região da Mata Atlântica, por exemplo, estima-se que existam apenas 300 onças. Sendo assim, torna-se ainda mais importante, o ecoturismo responsável!

Ao mesmo tempo, o Projeto “Onças do Iguaçu”, sob a coordenação da Dra. Yara Barros, contribui para o crescimento desta população. Não apenas no sentido da preservação da espécie, mas também com o objetivo de promover o desenvolvimento local. Pois, através do ecoturismo de observação, as onças renderam mais de US$7 milhões em um ano.

Da mesma forma, o ecoturismo que envolve a observação de animais em outros lugares, rende mais de US$50 milhões. Nesse sentido, o trabalho de conscientização do Projeto “Onças do Iguaçu”, vai muito mais além.

De acordo com a Dra. Yara Barros, os trabalhos de conscientização atingem 14 municípios da região Oeste do Paraná, e envolve mais de 500 mil habitantes! Seja como for, conscientizar as pessoas é buscar uma convivência pacífica, entre todas as espécies. Ou seja, todos vivendo em harmonia.

Por fim, o turismo de observação, pode ser uma boa opção para todos!

Quer ter a sua própria agência de viagens sem sair de casa?

Essa é uma oportunidade de negócios lucrativa e de baixo investimento. Principalmente para quem gosta de turismo! Solicite maiores informações pressionando o botão abaixo.

You cannot copy content of this page